Charles LECLERC é o mais RÁPIDO em 1°TL em MONZA
Por Sérgio Siverly em 06/09/2019, às 07h39

remove_red_eye  1301
Monegasco continua na liderança após uma sessão tumultuada na Itália.
No início da sessão, a pista molhada não encorajou muitos pilotos a marcarem tempos competitivos, mas como existe a possibilidade de chuva para a corrida, quase todos saíram dos boxes para sentirem as condições. Lando Norris, da McLaren, foi o primeiro a ocupar o topo dos tempos Logo em seguida, Daniil Kvyat marcou 1:35 e assumiu a primeira posição. Conforme a pista secava, os pilotos começaram a se sentir mais confortáveis. Até que Kimi Raikkonen perdeu a traseira na Parabólica e ficou preso na caixa de brita causando uma bandeira vermelha e interrompendo a sessão. Carlos Sainz Jr. também teve um momento na Variante Ascari rodando, mas conseguindo manter a McLaren sob controle. Com 56 minutos para o fim, a bandeira verde foi agitada e os carros voltaram à pista. Mas logo depois, com 53 minutos para o fim, Sergio Pérez perdeu a traseira do RP19 e bateu na barreira na Variante Ascari, num momento bem parecido com o que Carlos Sainz passou pouco antes. Com 40 minutos, Pierre Gasly cometeu um erro na curva 1 e ficou preso na zebra causando mais um período de bandeira vermelha. Pouco tempo depois, com a ajuda dos fiscais de pista, o francês conseguiu se livrar da zebra, encerrando o período de bandeira vermelha. Com 26 minutos para o fim, Antonio Giovinazzi rodou na curva 1 e uniu-se à vários pilotos que cometeram um erro após a reta principal: Sebastian Vettel, Charles Leclerc, Max Verstappen, Pierre Gasly, Lewis Hamilton, Lando Norris, Valtteri Bottas. Com 24 minutos, Lewis Hamilton entrou na pista pela primeira vez e marcou o segundo tempo, 0.5s atrás de Charles Leclerc. Dois minutos depois, foi a vez de Valtteri Bottas vir à pista pela primeira vez. No final da sessão, Charles Leclerc foi o primeiro a colocar os pneus de pista seca - médios - já Lando Norris entrou com os macios e foi mais um a cometer um erro na curva 1. Sebastian Vettel usou os médios e Lewis Hamilton, os macios. No final, Charles Leclerc terminou como o mais rápido, seguido das McLarens de Carlos Sainz Jr e Lando Norris.

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia