KIMI NÃO tem certeza se CARROS são MAIS FÁCEIS
Por Sérgio Siverly em 10/07/2019, às 18h44

remove_red_eye  1008
Kimi Raikkonen acredita que o esportista se acostuma com o pico físico em sua modalidade.
O piloto mais experiente do grid atual da F1 não está convencido de que os carros de 2019 tornaram-se fáceis de guiar. Lewis Hamilton descreveu a geração atual de carros como “não tão difíceis de guiar” e que “poderia fazer duas ou três corridas seguidas”. Entretanto, Kimi Raikkonen, que fez a sua estreia seis anos antes de Hamilton e teve a sua 300ª corrida na Áustria não está convencido de que os primeiros carros que guiou eram mais difíceis. 🗣“Quando você começa a pensar em 10 anos atrás, a memória começa a te pregar peças. Talvez não seja igual: se você me perguntasse há 10 anos, eu diria ‘É okay’ porque tudo é questão de se acostumar.” Disse o campeão mundial de 2007.
🗣“Quando voltamos para a fábrica depois do inverno e guiamos entendemos que é difícil porque o seu pescoço fica destruído depois de 20 voltas e é uma sensação horrível.” 🗣“Mas na segunda semana de testes, ainda existem dores aqui e ali, mas você se acostuma. É como qualquer esporte que você faça, você se acostuma e não parece que é difícil.” 🗣“Não acho que foi diferente no início. Algumas corridas são mais difíceis do que outras e tudo depende de se acostumar. Se você está guiando, sempre será difícil ser rápido e estar no limite.” 🗣“Lembro que nas vezes que tive um bom carro e tudo era perfeito, guiava fácilmente e o tempo de volta era ótimo. Fica parecendo que é fácil. Outras vezes é uma experiência dolorosa.”

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia