Disputa c/ BOTTAS mostra EVOLUÇÃO do MOTOR RENAULT
Por Sérgio Siverly em 11/06/2019, às 11h36

remove_red_eye  947
Daniel Ricciardo ficou muito satisfeito com o desempenho da unidade de potência francesa no Canadá.
Daniel Ricciardo entregou à Renault o seu melhor resultado da temporada até aqui com o sexto lugar no Grande Prêmio do Canadá, uma corrida que viu o australiano disputando posição com a Mercedes de Valtteri Bottas. 🗣“Provavelmente, a coisa mais positiva foi segurar o Bottas por tanto tempo e ser capaz de lutar com a Mercedes por algumas voltas. Foi maneiro. Quando ele estava atrás de mim pensei que iria passar facilmente.” 🗣“Eu iria tentar me defender por uma volta, mas se ele estivesse muito mais rápido, não iria lutar até o limite, mas eu meio que o segurei por uma volta e olhei pelos espelhos e entendi que, talvez, os pneus dele começassem a sofrer um pouco.”
🗣“Então, daquele ponto em diante sabia que iríamos nos divertir. Acho que meus pneus sofreram um pouco com isso, mas valeu a pena. Não imaginei que poderia segurá-lo por tantas voltas.” 🗣“Depois de um tempo, ele começou a ficar um pouco agitado e eu só estava curtindo fazer a vida dele mais difícil.” Ricciardo acredita que a batalha com Bottas em Montreal é um indicativo do forte desenvolvimento do motor Renault. 🗣“A disputa mostrou que mesmo quando ele tinha o DRS, a nossa velocidade em reta era muito boa. Sinto que diminuímos muito a vantagem. Ainda temos muito trabalho pela frente, mas está tudo caminhando muito bem.”

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia