WOLFF pode ASSUMIR cargo de CEO da FOM em 2021
Por Sérgio Siverly em 09/05/2019, às 15h01

remove_red_eye  895
Possível ameaça de saída da Mercedes da categoria e fim de contratos podem levar Wolff ao cargo.
O diretor da Mercedes, Toto Wolff, é visto como um potencial candidato para substituir Chase Carey no cargo de CEO da F1 à partir de 2021. O contrato de três anos de Carey com a FOM deveria acabar no fim de 2019, mas o americano concordou em estendê-lo por mais um ano enquanto o esporte define seu novo regulamento. De acordo com informações levantadas pelo site RaceFans e Dieter Rencken, o contrato de Wolff com a Mercedes acaba no fim de 2020, coincidindo com a saída de Carey.
Wolff está na Mercedes desde 2013 e já adquiriu 30% do time. O conselheiro Niki Lauda tem 10% e as partes restantes são de propriedade da Mercedes-Benz. Wolff já demonstrou interesse em participar do desenvolvimento da F1 e com a saída do chefe da montadora, Dieter Zetsche e a entrada de Ola Källenius que acredita que o futuro da indústria automotiva está na tecnologia elétrica com possibilidades de retirar a marca da categoria, os planos de Wolff de assumir um cargo na F1 podem aumentar.

O menino que ficava em frente da TV com um prato fingindo ser um piloto de F1 nos anos 1990 e o cabeça de gasolina por trás do BOTECO F1.

Vídeos relacionados
Desenvolvido por
Contém Tecnologia